Como estimular o desenvolvimento físico do bebê e da criança:

A habilidade para brincar é tão importante que a ONU reconhece que brincar é um direito de toda criança. Não só pelo desenvolvimento emocional e cognitivo que as brincadeiras proporcionam, o desenvolvimento físico também é um grande elemento no crescimento da criança. Todo tipo de brincadeira contribui de alguma forma para o seu desenvolvimento físico, seja num brincadeira com bola, num desenho ou rabisco qualquer.

Intruções:

1- Você pode estimular seu bebê, colocando-o de bruços por 5 ou 10 minutos para fortalecer os músculos das costas e do pescoço. Isso também o dará a chance de começar a rolar e a tentar ficar sentado.

2- Para o bebê que já pode comer comidinhas sólidas, você pode deixar pedacinhos na bandeja da cadeirinha de alimentação para que ele mesmo possa pegá-lo e levá-lo à boca, isso ajudará muito na coordenação motora.

3- Dar tchauzinho - movimentos como balaçar as mãos ou pegar objetos trabalham com os músculos dos grupos pequenos desenvolvendo a coordenação óculo-manual e aprimora a coordenação motora do seu filho. Atividades como rolar uma bola para uma criança vai ajudar a desenvolver a coordenação óculo-manual e trabalhar os músculos pequenos.

4 - Quando ele estiver maior, estimule-o a desenvolver habilidades motoras básicas colocando-o em atividades como correr e arremeçar uma bola ou um disco, isso fortalecerá braços e pernas, trabalhando com o equilíbrio.

5 - Promova o desenvolvimento motor estimulando seu filho a desenhar com lápis de cor, colorindo figuras. Essas atividades desenvolvem os pequenos músculos do corpo, como os músculos que usamos para sorrir ou para segurar uma colher. Criancinhas e aqueles que já estão em idade pré-escolar podem treinar estar aptidões amarrando os sapatinhos.

6- Estimule as atividades locomotoras do seu filho. Atividades locomotoras, são aquelas nas quais o corpo se desloca no espaço, de um lugar para outro. Andar de Skate, brincar de amarelinha são alguns exemplos. As atividades locomotoras trabalham os grupos dos músculos largos.

7- Movimentos não locomotores trabalham como um "ajuste fino" para o corpo. São movimentos que você que você faz sem sair do lugar. Vestir uma roupa, tirar um boné, são alguns exemplos, estes movimentos desenvolvem a coordenação e o equilíbrio.

8- Encoraje seu filho a ser ativo pois assim ele manterá um estilo de vida saudável. Desde que obesidade na infância passou a ser uma preocupação em nossa sociedade, crianças que estão mais envolvidas em brincadeiras e atividades são mais propensas a terem um estilo de vida saudável.